RSS

Arquivo da categoria: TURISMO

Dia do Turista em São Paulo [Dica 6]: Socorro

Socorro, assim como Brotas, tem investido no turismo de aventura. Os destaques ficam por conta da Pedra Bela Vista, onde pode-se curtir a paisagem, praticar rapel (98 m – o maior da cidade), participar de festas e pular de paraglidder.

Outra grande atração da cidade é o Parque dos Sonhos, um Hotel Fazenda, onde é possível passar apenas o dia também, pagando uma diária ou por atividade. Além das mais variadas atrações, como rapel, arvorismo, acqua ride, canoagem, a principal atração do parque é a Tirolesa do Pânico, uma das maiores que já vi, com 1 km de extensão, atingindo uma velocidade média de 55km/h, a 140m de altura. Mas pra quem não tiver coragem, há outras opções de tirolesas, até para crianças.

Abaixo publico dois vídeos que fiz na cidade, um na Tirolesa do Pânico e outro na Gruta do Anjo, outra atração muito procurada.

Para mais informações acesse:

http://www.pousadagrutadoanjo.com.br/home/localizacao.php

http://www.parquedossonhos.com.br/

http://www.pedrabelavista.com.br/home/default_novo_z.asp

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 14, 2011 em TURISMO

 

Tags: , , , , ,

Dia do Turista em São Paulo [Dica 5]: Museu Paulista da USP

Museu Paulista

De todos os Museus que já visitei até hoje, este é o que me conquistou como nenhum outro. Me apaixonei por tudo nele, a beleza de sua arquitetura, seus jardins, e seu rico acervo que conta a história do Brasil de forma magnífica. É um lugar onde pretendo ir muitas e muitas vezes, e levar meu filho, meus netos e todos os que puder, pois é um lugar que é digno de ser admirado, contemplado e compartilhado.

Museu Paulista, também conhecido como Museu do Ipiranga

Museu Paulista, também conhecido como Museu do Ipiranga

Para quem não sabe, o Museu Paulista é o famoso Museu do Ipiranga.

Mais informações sobre o Museu Paulista http://www.mp.usp.br/

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 13, 2011 em TURISMO

 

Tags: , , , ,

Dia do Turista em São Paulo [Dica 4]: Brotas

Essa dica é pra quem gosta de aventura. A cidade de Brotas está localizada a 245km da capital e é conhecida pelo turismo de aventura que oferece, com as mais variadas atividades esportivas, além de lindos passeios que agradam até quem é mais tranquilo.

Canyoning no Complexo de Chachoeiras Três Quedas

Canyoning no Complexo de Chachoeiras Três Quedas

Rafting é o passeio mais procurado e comentado da cidade, mas com diversas cachoeiras espalhadas por Brotas, atividades como canyonig são ótimas pedidas também. Além disso, há arvorismo, canoagem, tirolesa, cavalgada e muitas outras atrações, oferecidas por várias agências. Um ponto positivo na cidade é a estrutura montada para atender os turistas, com agências, pousadas, hotéis e restaurantes.

Rafting no Rio Jacaré Pepira

Rafting no Rio Jacaré Pepira

Canoagem no Rio Jacaré Pepira

Canoagem no Rio Jacaré Pepira

Mais informações sobre Brotas: http://www.brotas.com.br/

Observação: Pra quem não reconheceu, estou em todas as fotos (de 5 anos atrás).

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 13, 2011 em TURISMO

 

Tags: , , , ,

Dia do Turista em São Paulo [Dica 3]: Museu do Futebol

A atração que, de certa forma, inspirou esta série de posts. Como não gosto de futebol, confesso que esse Museu nunca me interessou, mas minha visão mudou completamente quando fui pela primeira. Passou a ser um dos lugares mais legais que já fui em São Paulo.

Localizado na Praça Charles Miller, junto ao Estádio do Pacaembu, o museu conta a história do futebol no Brasil e no mundo usando muita tecnologia e criatividade, emocionando até mesmo quem não gosta muito do esporte, como eu.

Vale a pena dar uma conferida. Para mais informações, acesse http://www.museudofutebol.org.br/historia/

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 13, 2011 em TURISMO

 

Tags: , ,

Dia do Turista em São Paulo [Dica 2]: Ilha do Cardoso

Agora quero falar sobre um verdadeiro paraíso natural localizado no litoral sul de São Paulo, no município de Cananéia. A região é protegida pelo governo do estado, através da criação do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, ou PEIC, por causa da riqueza do meio ambiente, importantes ecossistemas marítimo-estuarinos e da Mata Atlântica. O PEIC é habitado por cerca de 480 pessoas, entre caiçaras e índios Guaranis Mbya.

O que tem de bom no PEIC? Mata Atlântica, piscinas Naturais, sambaquis, aves e peixes da região, cachaça com cataia, praias maravilhosas, cachoeiras, passeios de escuna pela baia dos golfinhos.

O conforto na Ilha é básico, pois todas as pousadas da Vila de Maruja, uma comunidade de pescadores dentro do PECI, oferecem acomodações simples, em nível caiçara, porém bem cuidadas e organizadas. Na Ilha toda não há energia elétrica, por ser uma reserva da biosfera, nenhuma pousada oferece chuveiro elétrico, ventilador e uma ou outra oferece algumas horas de TV, mas em ambientes comuns, não nos quartos. É o contato com a natureza em seu estado puro. Mas há pousadas que oferecem quartos com banheiros privativos, banho quente (através de aquecedores a gás) e iluminação básica à noite (gerador e placas solares).

Os destaques da Ilha ficam por conta dos passeios de escuna, pela baia dos golfinhos, localizada entre Cananéia, Ilha do Cardoso e Ilha Comprida, Praia do Maruja, Costão Rochoso, onde se tem uma vista privilegiada do mar, Praia da Laje e vários outros passeios, como as Trilhas da Cachoeira Grande, dos Sambaquis e das Piscinas Naturais.

E pra quem acha que por não ter energia elétrica a Ilha fica devendo diversão noturna, está enganado, pois além do tradicional Fandango caiçara, que ocorre no centro comunitário da vila, há também alguns bares que, utilizando-se de geradores, oferecem animadas noitadas com música ao vivo e muito agito.

A forma mais barata de chegar na Ilha é através de escunas que saem algumas vezes por dia de Cananéia. A comida lá é simples, mas além de muito boa, é muito em conta.

Para mais informações sobre o PEIC, de como chegar e onde se hospedar, acesse:

www.pousadailhadocardoso.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 13, 2011 em TURISMO

 

Tags: , , , , , ,

Dia do Turista em São Paulo [Dica 1]: Av. Paulista

Aproveitando que hoje, dia 13 de junho, é Dia do Turismo, resolvi falar um pouco sobre pontos interessantes para se conhecer em São Paulo, tanto no estado quanto na cidade. Pra quem não sabe, moro em São Paulo, mas mesmo assim, às vezes me sinto um verdadeiro turista por aqui.

Sempre achei curioso essa coisa que temos, de querer sair pelo mundo, conhecendo novos estados, países, mas acabamos não conhecendo o que nosso próprio estado, nossa própria cidade, tem de bom e belo para nos oferecer.

É claro que eu amo viajar, conhecer coisas, lugares e pessoas novas, mas mesmo assim, nos últimos anos, tenho procurado guardar uma parte das minhas férias só para conhecer mais das minhas próprias terras, e tenho curtido muito.

Ao longo do dia de hoje, vou posta algumas dicas de lugares legais para se conhecer no estado e na cidade de São Paulo. São dicas baseadas na minha experiência, mas se possível, gostaria de conhecer novas dicas, pois como eu disse, às vezes sou apenas um turista por aqui.

Pra começar, a primeira dica, na cidade de São Paulo, um dos meus lugares preferidos, a Avenida Paulista.

Avenida Paulista

Minha vida passa por essa Avenida, que dia ou de noite, me encanta. São tantas coisas para ser ver, para se fazer, para comer, que é como viajar o mundo em apenas alguns kilometros. Para quem conhece, ou para quem não conhece, uma coisa que indico é atravessar toda a Avenida, de uma ponta à outra, a pé, com tempo, curtindo cada uma das coisas interessantes ao longo do caminho.

Cito alguns exemplos:

Museu de Arte de São Paulo, o famoso MASP

Avenida Paulista, 1.578 (Metrô Trianon-Masp)

Impossível falar da Avenida Paulista sem falar no MASP. Abriga ótimas exposições, mas para mim, as melhores sem dúvida, e que merecem uma visita, são as exposições do acervo do próprio museu.

Casa das Rosas

Avenida Paulista, 37 (Metrô Brigadeiro)

É um centro cultural, que oferece cursos e eventos voltados para a literatura e poesia. Só a visita ao belíssimo casarão onde está instalado o centro já vale o passeio.

Conjunto Nacional

Avenida Paulista, 2037 (Metrô Consolação)

Este clássico condomínio paulista acabou se tornando um pólo cultural, não só por seu Espaço Cultural, mas também por abrigar a Galeria de Artes da Caixa Cultural de São Paulo e uma das mais belas Livrarias Cultura que já visitei, que conta com o Auditório Eva Herz, que apresenta grandes eventos, e o Cine Livraria Cultura.

Parque Siqueira Campos, o famoso Parque Trianon

Rua Peixoto Gomide, 949 (Metrô Trianon-Masp)

Apesar de não ser tão grande como o Parque do Ibirapuera e outros parques de São Paulo, é uma boa pedida para fugir da selva de pedras, bem no meio da Avenida Paulista. É um lugar muito gostoso para dar um passeio, relaxar, ler um livro, além de ter algumas esculturas espalhadas por todo o parque.

É na Avenida Paulista também que fica um dos lugares preferidos dos Geeks e Piratas da região, o famoso Stand Center, onde China e Paraguai disputam espaço.Não vou indicar o endereço, pois saber se está no mesmo local ou se está aberto é sempre uma incógnita, mas caso esteja na Avenida Paulista e queira dar uma passada por lá, é só perguntar, caso esteja aberta te indicarão como chegar lá.

Na Desciclopédia tem um texto bem humorado sobre o lugar: http://desciclopedia.org/wiki/Stand_Center, recomendo a leitura para entender do que se trata.

 
Deixe um comentário

Publicado por em junho 13, 2011 em RELACIONAMENTO, TURISMO

 

Tags: , , , , , , ,

Sobre um Passeio Turístico Exploratório Campos do Jordão Santo Antonio do Pinhal.

A principio seria apenas um bate e volta em Campos do Jordão, num domingo. Porém tudo mudou quando decidimos ficar mais um dia por lá, para poder aproveitar melhor e não ficar tão cansativo. Era hora de encontrar uma pousada com um preço bacana para que pudéssemos pernoitar, já que a Colônia em que sempre ficamos, além de não aceitar reserva de apenas uma diária, estava lotada. Foi ai que encontramos uma pousada na serra, na Rodovia SP-50, e nossa pequena viagem se transformou numa espécie de passeio turístico exploratório Campos do Jordão Santo Antonio do Pinhal.

Campos do Jordão e Calor, uma estranha combinação

Pra quem está acostumado a visitar Campos do Jordão em clima de inverno, se deparar com um incrível sol de verão é estranho. Apesar de o passeio ter valido a pena, das companhias e da beleza da cidade que é imutável, independente do tempo, em minha opinião, Campos do Jordão combina com frio.

Mas isso não nos impediu de curtir a viagem, que começou com um delicioso chopp Baden Baden Cristal, seguida por um passeio pela Praça do Teleférico. Eu mesmo não subi ao Morro do Elefante, mas a minha amiga Sheila subiu com sua filha Bia, e enquanto minha esposa @beealima curtia as lojinhas de malhas com as amigas @clers e Priscila, eu me divertia com o Arthur na Estação Emilio Ribas, vendo a partida dos bondinhos.

Tivemos a idéia de fazer um passeio de trem, que sai de Campos até Santo Antonio do Pinhal, mas nos confundimos nas informações, e quase embarcamos no passeio de bonde pela cidade, mas acabamos não fazendo nem um nem outro.

Mais informações sobre o passeio de bondinho e Estrada de Ferro no site: http://acessa.me/campos1

Almoço

Para o almoço procuramos algo simples e barato, mas com boa comida, claro. Encontramos um self service perto da Praça do Capivari, na Rua Diogo de Carvalho. Se não me engano o valor era R$ 28,00 o Kg, com um buffet razoável, principalmente se levarmos em conta que já era mais de 15h.

Pousada Cesar

Nossa primeira novidade nesta viagem, além de uma grande surpresa, foi a Pousada Cesar, localizada no km 163 da Rodovia SP-50, em Santo Antonio do Pinhal. Esta rodovia é continuação da rua da Fábrica da Baden Baden e a pousada fica a 15 Km de Campos do Jordão. É uma estrada cheia de curvas, sem iluminação e com algumas trechos de estreitamento de faixa, o que exige cuidado e atenção na direção, principalmente a noite, mas ainda sim é fácil e relativamente perto, tanto dos principais atrativos turísticos de Santo Antonio do Pinhal, além de ser uma alternativa perfeita às caras hospedagens de Campos do Jordão.

Os apartamentos são aconchegantes e limpos, com TV, chuveiro e aquecedor. Além disso, possui uma piscina enorme, bar com lareira e serve café da manhã, incluso no preço da diária.

Mais informações sobre a pousada no site http://www.pousadacesar.com.br

Santo Antonio do Pinhal

Para variar um pouco, já que a noite de Campos do Jordão já é uma velha conhecida nossa, e também para evitar ter que encarar uma estrada tão capciosa no escuro (se bem que viemos a descobrir que todas as estradas por ali são iguais), resolvemos conhecer o centro de Santo Antonio do Pinhal.

Chegando lá, uma desagradável surpresa. O centro da cidade é um ovo, aliás, um ovinho de codorna, sendo que a parte mais movimentada correspondia a cerca de 100 metros. Não há muitas opções gastronômicas nem atrações. Para quem está acostumado com a badalada Campos do Jordão, é uma decepção e tanto. Mas já que estávamos por ali, resolvemos procurar um lugar para comer.

A recepcionista da pousada havia no indicado a lanchonete Varanda, que parece ser o point, já que das raras opções, era a mais movimentada, com música ao vivo e aparentemente um bom cardápio. Mas como o local é bem pequeno, estava lotado e nós sem paciência desistimos de esperar. Aqui cabe uma observação. Chegamos à Varanda, entramos, fomos até o meio do salão, que não era lá tão grande, e ninguém, nenhum garçom, garçonete, atendente, veio falar conosco, pelo menos para avisar sobre a falta de mesa, perguntar se gostaríamos de aguardar, ou coisa do tipo.

Em seguida fomos a uma pizzaria que ficava a alguns metros (como tudo ali). Foi mais uma decepção. Chegamos, entramos, juntamos algumas mesas, nos sentamos e… nada. Nada de atendimento. Demos uma olhada no cardápio, que continha estranhas opções de pizza, esperamos um pouco mais e decidimos cair fora. Infelizmente não lembro o nome, para poder alertar a todos para que fujam dessa roubada.

A surpresa, muito boa por sinal, ficou por conta do Restaurante Barroco. Além de deliciosas pizzas, serve caldos, pratos feitos, e outras opções preparadas na hora. Como o lugar é novo, ainda não há muito movimento (na verdade nós éramos os únicos ali) e não aceita cartão. A proprietária nos informou que já realizou o pedido da máquina do cartão, mas que deveria demorar por volta de 30 dias. O atendimento também foi ótimo, tanto por parte da proprietária, quanto da garçonete que nos atendeu. Além de tudo, o ambiente é muito agradável e os preços são bem em conta. Fica na Rua Cel. Sebastião M. da Silva, 08 e o telefone é (12) 3666-1864.

Mais informações sobre Santo Antonio do Pinhal

http://www.guiadesantoantoniodopinhal.com.br/

A Bodega

Na saída da pousada, a recepcionista nos indicou A Bodega, uma ótima cachaçaria, ponto turístico de Santo Antonio do Pinhal, com uma fantástica coleção de cachaças artesanais, mais de 40 sabores, tais como mel, amora, figo, Cambuci, uva, carambola, damasco, chocolate, cidreira, dentro outros mais exóticos, como uma cachaça apelidada de Viagra e outra de Super Viagra.

Além das cachaças, há vinhos, artesanatos, um boteco anexo, carneiros e pôneis para a criançada, além de um lindo jardim com lago, orquidário e muito verde.

Mais informações no site http://www.abodega.com.br/

Sorveteria Eisland

Como nossa amiga @clers queria provar um sorvete das montanhas, fomos conhecer a Sorveteria Eisland, um legitimo sorvete da fazenda, cremoso e como a @beealima sempre faz questão de observar, fabricado artesanalmente com leite e creme de leite do gado Jersey da Fazenda Aconchego, adicionados de geléias de frutas da região e produtos importados. Só de falar já dá água na boca, e olha que eu nem sou muito afim de sorvete.

A boa pedida é a taça degustação, que custa apenas R$ 9,00 e vem com 5 bolas de 30g, ótimo para experimentar sabores como mirtilo, yogurte com amarena, mascarpone com frutas, mokka, tiramisú, entre outros mais tradicionais. Aliás, esses sabores que falei são todos sensacionais, recomendo.

Mais informações http://www.eisland.com.br

Restaurante Manati Grill

Tai uma opção boa e barata pra comer bem sem ter que financiar o almoço em Campos do Jordão. Este restaurante fica na Rua Marcondes Machado, 28, bem na esquina com a Avenida Brasil, próximo ao teleférico, no Capivari mesmo. Um lugar descente, com um preço descente, com muita variedade de comida boa, sobremesas e bebidas. Vale a pena conhecer. O telefone é (12) 3663-4627.

Baden Baden

A visitação à fábrica da cervejaria Baden Baden é um dos principais passeios de Campos do Jordão, tento que é um dos que faço questão de repetir sempre que volto à cidade. Infelizmente as coisas mudaram dos outros anos pra cá. Não sei se por causa da aquisição por parte da Schincariol, ou somente por um novo instinto capitalista, ou simplesmente porque a atração se tornou extremamente requisitada.

Pra começar, agora a visitação é paga, R$ 10,00, e não é só em junho/julho não, nós fomos agora, no final de agosto, e pagamos. Por outro lado, recebemos um folder muito bem feito, com a história da cervejaria, explicação sobre os tipos de cervejas, dicas e curiosidades, ou seja, tudo o que a gente ouve na palestra.

Por falar na palestra, a qualidade caiu muito. Por exemplo, não temos mais acesso à cozinha, ficamos apenas no corredor. E a palestrante era muito fria, praticamente um robô. Sério, falava mesmo como um robô. As palestrantes dos outros anos eram melhores. Na degustação temos direito a um copo da cristal e um copo da bock. Não vi falarem sobre a opção de trocar por um copo de refrigerante, mas ainda deve ser possível, já que é permitida a entrada de crianças ainda, embora no dia a única criança fosse o Arthur.

Além disso, a novidade é um copo com a marca Baden Baden que recebemos como brinde. Achei bem legal, e no final das contas, um copo e dois chopps por R$ 10,00, até que está um bom preço, no Capivari pagamos R$ 7,00 um copo da cristal.

Chocolates Bourbon

Estar em Campos do Jordão e não comprar chocolate é uma coisa quase inconcebível, por isso, antes de voltarmos para São Paulo, passamos na Chocolates Bourbon. Eu não conhecia, mas é uma lojinha legal, com bastante variedade de chocolates artesanais, além de outros doces e sorvetes.

A loja fica bem em frente à estátua do cavalo, próximo ao teleférico. Não sei o endereço correto, mas o telefone é (12) 3663-6260.

Esther Queijo da Fazenda

Pra finalizar, deixo uma última dica. Quer comprar queijo, manteiga e outros petiscos? Passe na Esther – Queijo da Fazenda, uma loja que fica na Avenida Frei Orestes Girardi, a avenida principal para acesso ao portal de Campos, número 3159, na Vila Jaguaribe.

* As fotos bonitas são da minha querida amiga @clers, as outras já nem sei mais

 
1 comentário

Publicado por em setembro 22, 2010 em TURISMO

 

Tags: , , ,